17°C 33°C
Ibotirama, BA

Comunidades de Muquém do São Francisco enfrentam grave falta de água

Famílias também estão com dificuldades alimentares

25/05/2024 às 04h54 Atualizada em 28/05/2024 às 09h20
Por: Redação Fonte: com informações da FPI
Compartilhe:
Divulgação FPI
Divulgação FPI

Testes mostraram contaminação por bactéria

A equipe de Segurança Hídrica e Alimentar da Fiscalização Preventiva Integrada da Bahia (FPI-BA) visitou as comunidades de Morro de Cima e Pedrinhas, em Muquém do São Francisco, e constatou grave vulnerabilidade hídrica. Foi observado que a distribuição de água é deficiente, com famílias utilizando apenas dois litros de água para tomar banho.

Água sem tratamento e alta incidência de problemas renais

Segundo informações da FPI, em Morro de Cima, os moradores relataram que o caminhão-pipa frequentemente não chega, despejando água na estrada. Em Pedrinhas, embora os caminhões-pipa sejam mais frequentes, a água chega sem tratamento, necessitando ser coada.

A comunidade de Pedrinhas enfrenta uma alta incidência de problemas renais, suspeitando que a água não tratada seja a causa. Kathya Orrico, coordenadora da Equipe de Segurança Hídrica e Alimentar da FPI-BA, destacou que a falta de água afeta até a irrigação das plantações.

A fiscalização constatou, ainda, que alguns moradores usam tecnologias de captação de água da chuva para manter pequenas plantações. Testes realizados em amostras de água em Morro de Cima mostraram contaminação por Escherichia coli, uma bactéria que pode causar infecções e diarreia.

Em resposta ao nosso blog, a assessoria da prefeitura disse que ainda não foi notificada pela FPI.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias